Follow by Email

domingo, 17 de abril de 2011

Revendo os meus preconceitos


Como bom engenheiro, acabo buscando a praticidade, e isto eventualmente me cega para nuances, ou mesmo cores fortes, de um quadro.

Não posso dizer que desprezava, mas não tinha parado para ler algo sobre tal pessoa.... O motivo???
Puro preconceito!
Me perguntava "para que servia a ABL???"
Seus ritos, seus fardões, e algumas das pessoas nela inseridas....
Continuo a ser crítico, em especial com alguns de seus componentes, mas faço aqui uma "Mea Culpa" quanto a um de seus personagens!

Reconheço até a dificuldade, advinda do desinteresse mantido durante boa parte de minha vida, de escrever seu nome.

Era um domingo, a que me propus sair de casa e ir conhecer uma associação próxima da casa de mamãe....
Acabei encontrando professores e livros... 
Ao pegar de maneira aleatória um deles, encontrei a tocante história da amizade de um Budista japonês com o imortal brasileiro.
Neste livro lí uma pequena biografia de Austregésilo, onde descobri um espírito libertário e um ser humano precioso que fez parte da redação da Declaração Universal dos Direitos Humanos.
Não imaginava que Austregésilo tivesse feito parte da comissão, liderada por John Peters Humphrey, que em 1948 elaborou e publicou a posteriormente chamada de "Carta Magna da Humanidade".
Reconheço que não via, naquela figura frágil, como que saída de um livro de contos infantis, um ser humano de tal envergadura!
Novamente a frase se faz verdadeira: "Ignorância leva ao preconceito" ... 
Tratarei de ficar "menos burro" sobre ele!
Mea culpa, mea culpa, mea maxima culpa!





Nenhum comentário: