Follow by Email

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Do controle do pensamento


Um grande mestre contou certa vez uma história.

Um homem muito rico havia comprado um Cadilac do ano. O carro era espetacular, vermelho, com todos os itens disponíveis.... Até os inimagináveis.
Saiu para “tirar onda”, e de tão gostoso era de dirigir, acabou passando o tempo e se enfiando em uma pequena e poeirenta estradinha...
Após alguns quilômetros ouve um estouro. 
Pára,  vai ver o ocorrido e se depara com o pneu estraçalhado...
Lamenta não ter uma forma automática de trocá-lo, se resigna e vai ao porta-malas buscar os apetrechos para iniciar o trabalho de troca.
Abre o imenso porta-malas, encontra de tudo, menos o macaco....
Quase em desespero, olha ao redor e não vê um carro passando, e prevê que ficará ali um bom tempo.
Olha novamente em torno e se depara com uma placa que diz:
“ Aluga-se Macaco, 2 Km à frente”
A solução lhe aparece aos olhos, tranca o carro e sai, senão feliz, ao menos reconfortado rumo ao local que lhe alugará a solução de seus problemas.
Mas 2 quilômetros são 2000 metros, o que significa muito tempo para andar e pensar.
“Quanto me custará o aluguel?? Acho que uns R$10,00!”
E a cabeça trabalha:
“É... R$ 10,00 eu pago...”
“E se me cobrar R$20,00??? Bom, para um Cadilac de mais de R$200.000,00... tá bom...”
“Não!!! Não vai me cobrar só isto cá neste fim de mundo... me cobrará pelo menos R$ 50,00”

E a estrada segue, e os pensamentos continuam a florescer.
Chega finalmente a uma casinha, após uma curva, e bate à porta.
Atende um velhinho de bengala, mal e mal se equilibrando.
Ele salta e agarra o velhinho pelo pescoço e grita:
“Seu miserável!!!! Jamais pagarei R$ 1000,00!!”

O Sensei, Shonin, Mestre ou “whatever” que contava/conta esta história chama-se  José de Vasconcelos, é um comediante que fazia imenso sucesso na minha infância. Hoje com 85 anos, segue dono de um humor inteligente.
O outro Sensei, que sempre me lembrava desta história é meu Pai.... Também sábio, e “sabedor de muitas sapiências”... Sempre que eu começava a reclamar, me falava:

“Olha a história do macaco!!!”

Esta piada contém dentro dela a fonte do sofrimento, descoberta por Sakyamuni.
A geração de pensamentos negativos é constante, e será sempre um jorro incontrolável, a menos que você o controle.
Como citado no post anterior um dos passos fundamentais do Nobre Caminho Óctuplo é o Pensamento Reto (ou Correto), e a forma de se eliminá-lo é a meditação.
Pode ser  pela repetição de um mantra, em intenção do bem de outrem, ou na mentalização junto da respiração de pensamentos positivos.
Como escreveu o Giulio Cesare Giacobe, traduzindo de forma simples o que é simples:
" Ao se iniciar o pensamento negativo, o controlamos gerando bons pensamentos".
Com isto paramos de sofrer, temos uma idéia mais clara da realidade, nos atemos à realidade que é o agora, e evitamos pegar alguém pelo pescoço somente porque achamos que o macaco vai custar muito!
Você é o que são seus pensamentos!
Seu Universo é criado pelos seus pensamentos!
Sua vida é guiada pelos seus pensamentos!
Os pensamentos são seus, mas você não é o que são “seus pensamentos”!
O demônios só existem se você os criar!

6 comentários:

Mirian Martin disse...

kkkkkkkkkkkkk Por incrível que pareça, minha mãe contava a mesma história, mas nem era Cadilac - era só um carro, por isso nem reconheci no começo, só quando começou a fazer as contas de quanto custaria o tal macaco.

E quando eu começava com meus "ses" era a mesma resposta do seu pai: olha a história do macaco!
Perfeito! :)))

E acho que você começou muito bem o meu dia, eu precisava "ouvir" a história do macaco de novo... :))

Um bom dia para você!

Blog da Naná disse...

A história dessa forma eu não conhecia, mas minha mãe me contava algo muito parecido e sempre me dizia: pense coisas boas e terás coisas boas!!!
Afinal: "O plantio não é obrigatório, mas a colheita sim e só colhemos aquilo que plantamos".
Sábias palavras amigo!!! Adorei o Post... e cá entre nós agora entendo mais um pouco de sua serenidade ante as adversidades!
Abraço e ótima semana!!!

Villa disse...

Cito aqui o livro "A cientista que curou o próprio cérebro" que ensina de forma técnica mas ao mesmo tempo simples (e sublime):

"entre um pensamento e seus efeitos fisiológicos decorrem 90 segundos. Durante este minuto e meio você tem a opção de escolher interromper o estímulo do pensamento, antes dele manisfestar-se no seu corpo físico e tornar-se aquele sentimento que toma conta de você. Portanto, a "contaminação" por pensamentos e sentimentos, próprios e alheios pode ser evitada com a sua atenção e consciência."

otimo post, power!! :D

do pé da mesa :) disse...

É vero caríssimo!!! Não só concordo como também pratico!!!

Sandra Portugal disse...

Haja energia e pensamento positivo para conseguirmos resistir e reverter tanta negatividade que existe atualmente ao redor,não é amigo! Mas seres de luz não desistem jamais! Resiliência é a melhor das palavras a serem cultivadas. Força e Fé para mantermos a espinha ereta,a mente quieta e o coração tranquilo! Já estou te seguindo! abraço
Sandra Portugal
http://projetandopessoas.blogspot.com//

Schooner disse...

Sandra!
Prazer imenso em te ter por aqui!!!
O controle do pensamento é prática pura!!!
e contínua!!!